Arquivos do Blog

As duas mães de Valentina: a mãe e a avó

Valentina, serelepe, espera a reportagem no jardim. A casa fica em uma travessa charmosa da região central de Socorro, que permite o acesso de pedestres a uma passarela sobre o Rio do Peixe. É um cantinho com calçadas revestidas de grama, canteiros, palmeiras imensas. E casas amplas, bem antigas. E, neste Dia das Mães, a menina de 5 anos é a grande atração do pedaço. Ela vai participar de um almoço inesquecível, ao lado da avó Laurinda e da mãe, Maria Gabriela, que, por sinal, é portadora da síndrome de Down.

O nascimento da garotinha mobilizou jornalistas de todo canto no final da década passada. Afinal de contas, a gravidez de uma pessoa com comprometimento mental já era um fato raro. O mais inusitado da situação, no entanto, é que o pai, Fábio, também apresentava necessidades especiais, decorrente do parto complicado. E a cidade inteira estava preocupada de imaginar como seria o futuro da menina. O registro do nascimento emperrou no cartório, com a justificativa de que Fábio não tinha discernimento necessário para se declarar o pai. Mas o tempo passou e os pessimistas de plantão se surpreenderam.

Foto: Dominique Torquato/ AAN  Laurinda, Valentina e Gabriela posam juntas para foto em família

Foto: Dominique Torquato/ AAN
Laurinda, Valentina e Gabriela posam juntas para foto em família

Leia o resto deste post

Três vivas para o bebê!!

“Seu filho é igual a qualquer outro bebê da maternidade, apenas levará um pouquinho mais de tempo para aprender as coisas, mas com todo o seu amor, carinho e estímulo ele certamente será capaz de fazer tudo nessa vida.”

Parabéns pelo nascimento, ou pelo bebê que está para nascer! Embora vocês possam ter ficado surpresos ao saber que seu filho ou sua filha tem síndrome de Down, sabemos por experiência própria que, com o tempo, ele(a) será motivo de grande alegria para sua família. A maioria dos pais descobre que seu bebê tem síndrome de Down logo após o nascimento e a notícia normalmente é um grande susto. Entendemos que sua vida tomou um rumo inesperado, mas queremos que saiba que vocês não estão sozinhos(as) e esperamos poder ajudá-los a celebrar a vida do seu bebê.

alana_06

Leia o resto deste post

Adolescente com Síndrome de Down alcança recorde no Everest

Um americano de 15 anos se tornou o primeiro adolescente com síndrome de Down a alcançar o Campo Base Sul do Everest, de acordo com seu pai, em uma tentativa de inspirar atitudes diferentes a respeito de seu distúrbio genético.

Eli Reimer em foto no Campo Base Sul do Everest(Foto: Elisha Foundation/AFP)

Eli Reimer em foto no Campo Base Sul do Everest
(Foto: Elisha Foundation/AFP)

Leia o resto deste post

21 de março – Dia Nacional da Síndrome

011Síndrome de Down, ou trissomia do cromossomo 21, é uma alteração genética causada por um erro na divisão celular durante a divisão embrionária. Os portadores da síndrome, em vez de dois cromossomos no par 21, possuem três. Não se sabe por que isso acontece.

Em alguns casos, pode ocorrer a translocação cromossômica, isto é, o braço longo excedente do 21 liga-se a um outro cromossomo qualquer. Mosaicismo é uma forma rara da síndrome de Down, em que uma das linhagens apresenta 47 cromossomos e a outra é normal.

Alterações provocadas pelo excesso de material genético no cromossomo 21 determinam as características típicas da síndrome:

* Olhos oblíquos semelhantes aos dos orientais, rosto arredondado, mãos menores com dedos mais curtos, prega palmar única e orelhas pequenas;

* Hipotonia: diminuição do tônus muscular responsável pela língua protusa, dificuldades motoras, atraso na articulação da fala e, em 50% dos casos, por cardiopatias;

* Comprometimento intelectual e, consequentemente, aprendizagem mais lenta.

Diagnóstico

Durante a gestação, o ultrassom morfológico fetal para avaliar a translucência nucal pode sugerir a presença da síndrome, que só é confirmada pelos exames de amniocentese e amostra do vilo corial.

Depois do nascimento, o diagnóstico clínico é comprovado pelo exame do cariótipo (estudo dos cromossomos), que também ajuda a determinar o risco, em geral baixo, de recorrência da alteração em outros filhos do casal. Esse risco aumen Leia o resto deste post

21 de Março dia mundial da Síndrome de DOWN

downnn

21 de Março dia mundial da Síndrome de DOWN

cabelo-down-1

Ariel Goldenberg, do filme Colegas, conhece Sean Penn

Na tarde do último sábado (16), foi publicada na página oficial do longa Colegas, que o ator Ariel Goldenberg e sua mulher, Rita Pokk, realizaram o sonho de conhecer o astro Sean Penn. Depois de fazer uma campanha na internet para que o ator viesse ao Brasil, Ariel conseguiu ir até Hollywood conhecê-lo.

Ariel, do filme Colegas, vai até Hollywood e realiza o sonho de conhecer Sean Penn

Ariel, do filme Colegas, vai até Hollywood e realiza o sonho de conhecer Sean Penn

“\o/ Uhuuuuuuuuuu!!! O sonho virou realidade em Hollywood! Nesta sexta-feira, Ariel finalmente conheceu seu grande ídolo! O astro Sean Penn recebeu Ariel, Rita e a equipe da Gatacine na praia particular que tem em sua casa em Los Angeles! Foi tudo super maravilhoso! Parabéns, Ariel! Você conseguiu mais uma vez! Estamos muito felizes e emocionados! :’)”.

À VEJA São Paulo, Ariel contou ele e Sean Penn ficaram mais de três horas conversando e o astro chegou a fazer um churrasco para ele. “Ele nos levou para conhecer sua praia particular e, depois, até fez um churrasco para a gente!”, disse Ariel à publicação.

O filme Colegas é uma comédica que mostra coisas simples da vida sob os olhares de três pessoas com Síndrome de Down. No elenco ainda estão Breno Viola, Lima Duarte, Leonardo Miggiorin, Juliana Didone, Marco Luque e Germano Pereira.

 

Fonte: Revista Contigo