Entrevista com o atleta 4climb Raphael Nishimura

Vamos iniciar a entrevista falando um pouco sobre o Raphael…. por isso, gostaria que você contasse um pouco sobre o Raphael mesmo! hehehehe…. quantos anos, da onde vem, trabalha em que, falar da sua deficiência, como você encara isso, como é seu dia a dia, pratica outros esportes, sua formação, etc coisas comuns e curiosidades são bem vindas também! Quero mostrar um pouco quem é o Raphael.

60311_430110388785_5642328_n-e1340800313954

Bom, vamos la, meu nome é Raphael Nishimura, 31 anos e nasci em São Paulo. Sou portador da Distonia Muscular desde 8 anos de idade. Dos 8 anos aos 15 anos a doença só piorava, chegando ao ponto de não conseguir andar! Tentamos diversos tratamos médicos, curandeiros, fomos em todas religiões que possam imaginar, vi cada coisa!! Foi nessa época que o esporte entrou forte na minha vida, a natação praticamente me salvou da cadeira de rodas, aliado a isso comecei um tratamento ortomolecular, a partir desse ponto só obtive melhoras. No meio disso tudo nunca deixei de estudar, viajar, sair, ter uma vida “normal” , hoje trabalho com TI e sou formado em Midias Digitais (PUC), MBA em Gestão de TI (FIAP) e Pós em Finanças (FGV). Ah também sou voluntário na ONG VIDAS, essa ONG ajuda crianças com todos os tipo de deficiência, é muito legal poder ajudar e passar um pouco da minha vivência.
Hoje os esportes que pratico alem da escalada é sinuca e baralho rs, mas planejo voltar a nadar!
Em relação a deficiência, eu encaro numa boa, afinal já são muitos anos convivendo com ela. O mais “engraçado” é que meus amigos ficam mais indignados com o preconceito do que eu rs eu nem ligo, muitas vezes tenho que acalma-los!

1) Raphael, fale um pouco de como a escalada surgiu na sua vida e o que ela significa para você atualmente.
Como a maioria dos escaladores eu fui a convite de um amigo escalar e nunca mais parei! Para mim a escalada é mais que um esporte, é um estilo de vida, pode viajar, escalar pedras, conhecer pessoas e ainda ter uma vista la de cima, é para poucos, não?

2) Quais são suas principais conquistas no esporte? Para o ano de 2012, que já esta quase no meio, quais são os principais objetivos a serem alcançados com a escalada?
Considero cada pedra escalada, via nova, viagem, campeonatos, levar um amigo para conhecer a escalada, uma conquista!
Para esse ano ainda temos a ultima etapa do Brasileiro de Boulder em BH, participar do Mundial de Paraclimbing na França, quero escalar em Andradas (MG), fazer o Bauzinho ate o cume, Pão de Açúcar (RJ), fazer uma via longa no Espirito Santo e conhecer Arcos (MG), espero que de tempo e que eu tenha $$.

525932_10150748453683786_446586255_n-e1340800516505

3) Do seu ponto de vista de escalador, explique como a deficiência física é encarada pela comunidade de escaladores do Brasil?
Boa pergunta, os que já me conhecem encararam numa boa, os que nunca me viram escalando, no começo nao botam uma fé depois ficam de boca aberta! Mas nunca vi nenhum preconceitos nesse meio, só incentivos.
Aproveito para agradecer os amigos que estao sempre treinando comigo, viajando e me levando para as pedras!

4) A maioria dos escaladores que te conhecem sabem que você esta sempre escalando em algum lugar diferente. Existe algum lugar que é seu sonho de consumo?
Opa, vários! Quero conhecer a Serra do Cipo, Arcos, Pirinopolis, as pedras do Rio de Janeiro, Paraná, Espírito Santo, Ceara! Muitos sonhos! Quem for para esses lugares me chamem!

5) Conte onde podemos te encontrar escalando com maior frequência.
Nas pedras da região de Bragança Paulista, as vezes na Falésia Paraíso e na 90 Graus.

6) Como todo escalador há sempre uma modalidade que você mais pratica. Qual é a sua preferida?
Escalada de via longa. Fritar no sol é bem divertido rs.

560123_10150645214358786_774305325_n-e1340800418451

7) Na maioria das vezes contamos com sua presença nos campeonatos de escalada. Competir para você é um comprometimento ou serve apenas para se divertir com o esporte?
Um pouco dos dois participar do campeonatos é uma forma de divulgar a Paraescalada no Brasil, divulgar as empresas que me ajudam e fazer tudo isso viajando e divertindo é bom demais!

8 ) Estes dias foram rifados alguns produtos para ajudar com a sua ida ao Mundial de Escalada na França. Será a sua primeira vez participando de um evento internacional? Como estão os preparativos para essa empreitada em relação ao treinamento?
Sim será a primeira viagem para escalar fora do Brasil, sempre treinei mais em vias do que boulder, agora preciso treinar velocidade, pois quero participar da categoria Speed e Lead.

9) Para os leigos no assunto, explique como é a competição no paraclimb e suas modalidades.
Então o paraclimbing é uma categoria da escalada para os deficientes físicos, os atletas são agrupados de acordo com a deficiência, bem parecido com as divisões da natação paraolimpica. As vias são adptadas e existem duas modalidades, Speed(velocidade) e Lead (Top rope).

10) Como os escaladores podem contribuir com a sua ida para representar o Brasil no Mundial de escalada?
Estou montando mais 2 rifas, com kit de equipamentos! Ate o fim de semana (16/06) devo lançar as rifas, ai todos poderão me ajudar!

11)Existem mais escaladores portadores de deficiência física no cenário da escalada brasileira?
Algumas pessoas comentam que tem sim, mas ainda não consegui contato com ninguém.

12) Quais os betas que você pode dar para quem é deficiente físico e quer começar a escalar?
A primeira coisa é ter vontade de praticar um esporte, segundo achar um ginásio de escalada, terceiro convencer sua mãe!! Mas o mais importante é o primeiro beta! E se for escalar em rocha faça um bom curso!

13) E para os escaladores em geral qual a mensagem que você gostaria de transmitir?
Galera precisamos ser mais unidos, acabar com as richas, respeitar a ética nas conquistas das vias, preservar os locais de escalar levar o lixo de voltar e o principal, SEGUIR todas as regras dos points de escalada, porque depois que ele é fechado, as desculpas não servirão para nada!

Somos poucos, mas somos fortes! Vamos nos unir!

Raphael Nishimura é atleta 4climb e fundou o projeto ParaClimbing Brasil, que tem como objetivo divulgar o esporte escalada esportiva para pessoas com deficiência física, mostrando os seus benefícios proporcionados por este esporte no estado de São Paulo e com participações em outros estados.

escalango_2ads-e1340800812830

Entrevista feita pelo também atleta 4climb João Ricardo Gonçalves.

Para mais informações, visitem a página do ParaClimbing Brasil no facebook ou o seu blog.

4climb Experimente essa VIBE!

 

Fonte: 4Climb

Anúncios

Publicado em janeiro 28, 2013, em Artigos e marcado como , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: