De Porta em Porta

Título em português De Porta em Porta
Título em inglês Door to Door
Diretor Steven Schachter
Principais atores e personagens William H. Macy (Bill Porter), Kyra Sedgwick (Shelly Soomky Brady) e Helen Mirren (Sra. Porter)
Ano de lançamento 2002
Produção Warren Carr

SINOPSE

O filme é baseado na história verdadeira de Bill Porter. Bill nasceu com Paralisia Cerebral, o que acarretou limitações na sua fala e nos seus movimentos. Com o apoio sempre presente de sua mãe, o filme mostra a luta de Bill para conquistar um emprego de vendedor de porta em porta. Após convencer o empregador a lhe dar uma chance, Bill consegue o emprego. Tanto na entrevista de seleção para a vaga de emprego como nos primeiros contatos com seus clientes, ele vivencia situações de preconceito e rejeição. No entanto, nunca se esquece o que sua mãe lhe ensinara: paciência e persistência. Aos poucos, Bill começa a conquistar a amizade e a confiança de seus clientes, tornando-se um vendedor muito querido e competente. Por mais de 40 anos Bill caminhou 16 quilômetros por dia e, para ajudá-lo nesta trajetória, além da sua mãe e Gladys, surgiu Shelly Soomky Brady.

PRINCIPAIS SITUAÇÕES INTERPESSOAIS

O filme mostra diversas situações interpessoais e profissionais que criam demandas para emissão de habilidades sociais. No início, há uma cena em que Bill Porter enfrenta uma entrevista de seleção de emprego. O desempenho assertivo juntamente com componentes não-verbais e paralinguísticos foram considerados importantes para Bill Porter conquistar a oportunidade de trabalho. Após obter a vaga de vendedor, o desempenho interpessoal-profissional pode ser analisado em diferentes situações: estabelecimento do contato com os clientes, apresentação dos produtos, fechamento das vendas, entre outras ocasiões essenciais para o exercício dessa ocupação.

POR QUÊ ASSISTIR?

A análise deste filme pode ser utilizada como procedimento pedagógico para identificação de habilidades sociais em pessoas com deficiência física. A reflexão pode ser fundamentada na relevância das habilidades sociais como fator de inclusão e desenvolvimento profissional para pessoas com necessidades educacionais especiais.

A análise do filme, na perspectiva das habilidades sociais, foi publicada por Camila de Sousa Pereira e Prof. Dr. Almir Del Prette na Revista Brasileira de Orientação Profissional.

Fonte: Relações Interpessoais e Habilidades Sociais

Anúncios

Publicado em novembro 28, 2012, em Artigos e marcado como , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: